Foram 24.205 autuações, além da captação de 20.380 mil imagens de radar com flagrantes de excesso de velocidade, o que demonstra que a imprudência dos motoristas ainda é elevada.

O Comando de Policiamento Rodoviário (CPRv), órgão de execução da Polícia Militar do Estado de São Paulo, em parceria com o DER/SP, ARTESP e as Concessionárias de Rodovias, alinhado ao Movimento Paulista de Segurança no Trânsito (MPST) e ao Programa de Redução de Acidentes de Trânsito e Segurança Viária 2011-2020 (ONU), divulgou no início da tarde desta segunda-feira (05) ,o Balanço das operações realizadas na estradas paulistas durante o Feriado de Finados.

As operações foram realizadas no período compreendido entre as 00h de 01 de novembro (quinta-feira) às 23h59min de 04 de novembro (domingo), a “Operação Finados 2018”, fiscalizou mais de 22.000 km de rodovias estaduais paulistas.

De acordo com a assessoria de imprensa da PM Rodoviária, embora tenha atuado com um grande número de agentes  Rodoviários nas estradas, é necessário destacar que a maioria dos acidentes poderia ter sido evitada, pois, em grande parte dos casos, a causa desses sinistros está relacionada à imprudência, negligência ou imperícia dos condutores ou pedestres, sendo que das 19 vítimas fatais, 10 pessoas morreram em 7 colisões e 4 pessoas morreram atropeladas (o que corresponde a quase 74% do total de acidentes).

Ainda de acordo com  a Polícia Militar Rodoviária,  infelizmente, a desatenção, o desrespeito às sinalizações, são fatores que ainda contribuem para essas ocorrências. Em razão disso, o Policiamento Rodoviário tem priorizado as fiscalizações quanto às ultrapassagens proibidas, excesso de velocidade e outros comportamentos nocivos à segurança viária por parte dos usuários das vias.

Veja os números:

  • 24.205 autuações, além da captação de 20.380 mil imagens de radar com flagrantes de excesso de velocidade, o que demonstra que a imprudência dos motoristas ainda é elevada;
  • 367 autuações em decorrência de motoristas flagrados sob efeito de álcool ou de outras substâncias psicoativa que determine dependência, bem como 376 autuações em condutores que se recusaram ao teste do etilômetro, sendo que 4.571 motoristas realizaram o teste do etilômetro, dos quais 29 foram conduzidos às Delegacias de Polícia, resultando em 20 condutores autuados em flagrante pelo crime de embriaguez ao volante;
  •  4.646 autuações por não utilizarem o cinto de segurança e outros dispositivos de retenção;
  •  194 autuações em motociclistas que estavam sem o uso do capacete, viseira ou óculos de proteção;

Mediante o planejamento operacional realizado visando o combate aos diversos ilícitos penais,
destacam-se:

  • 25 pessoas presas em flagrante por outros crimes. Ao longo do ano de 2018, o Policiamento Rodoviário já prendeu 3.715 criminosos;
  • 180 kg aproximadamente de drogas ilícitas apreendidas, o que já perfaz quase 68 toneladas de entorpecentes retirados de circulação durante o ano de 2018;
  • 1 arma de fogo apreendida, o que já soma 270 armas retiradas de circulação em 2018;
  • 676 mil maços de cigarros apreendidos, o que já totaliza mais de 22 milhões de maços de cigarros retirados de circulação em 2018, em ações de combate ao crime de Descaminho;
  • 8 procurados pela Justiça foram recapturados e devolvidos ao sistema penitenciário.

 

Curta e Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *