Nessa quarta (10), três suspeitos foram ouvidos, mas negaram o crime

Wagão

A Polícia Civil de Dois Córregos investiga se o cão comunitário conhecido como Cara Cinza, que teve as duas pernas traseiras e metade do rabo dilacerados por um trem no último domingo (7), foi amarrado na linha férrea. Ele passou por cirurgia e se recupera em uma clínica em Jaú. Nessa quarta-feira (10), o vereador Alex Parente, responsável pelo resgate do animal após o acidente, registrou Boletim de Ocorrência (BO) informando sobre a suspeita de crime.

No BO, o vereador, que é representante de uma ONG de proteção animal, narra que um desconhecido, em conversa recente com um morador de rua que fica nas imediações do Terminal Rodoviário, teria ameaçado matar o cachorro. Este mesmo homem, ainda de acordo com Parente, teria abordado o morador de rua nesta terça-feira (9) e perguntado sobre o animal em tom de sarcasmo.

O delegado de Dois Córregos, Márcio Leandro Moretto, explica que a suspeita de crime está sendo apurada. Nessa quarta (10), três suspeitos foram ouvidos, mas negaram qualquer ato de violência contra o cão.

“Estão sendo realizadas diligências a fim de esclarecer o que de fato aconteceu, bem como sua autoria”, diz. “Porém, até o momento, não foram encontradas testemunhas referentes aos fatos”, completou.

Cara Cinza, que também é conhecido como Manchinha, Zé e Robson, é cuidado por moradores e protetores de Dois Córregos desde setembro do ano passado, quando apareceu nas redondezas. Muito dócil, ele foi castrado e vacinado. Conforme divulgado nessa quarta (10) pelo JC, no domingo, um morador de rua acionou o parlamentar após encontrar o cachorro com sinais de atropelamento.

Ele foi levado por Parente ao Hospital Veterinário da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Unesp de Botucatu e passou por uma cirurgia na segunda-feira (8) para a amputação dos membros.

Na sequência, foi encaminhado a uma clínica de Jaú, onde se recupera. Em breve, Cara Cinza deverá ser submetido a um novo procedimento, desta vez para a implantação de uma prótese.

Moradores de Dois Córregos e região estão se mobilizando para arrecadar dinheiro com o objetivo de custear exames e materiais usados na cirurgia, a hospedagem do animal na clínica em Jaú e a colocação da prótese. Quem quiser ajudar pode entrar em contato com o vereador na rede social http://www.facebook.com/alex.parente.79

 

*Com informações do Jornal da Cidade

Curta e Compartilhe: