Diversas unidades da Polícia Civil integraram a Operação Querubim nesta quarta-feira (10)

Wagão

A Polícia Civil, por intermédio do Deinter 4, deflagrou nesta quarta-feira (10) a Operação Querubim, de combate à pedofilia. Ao todo, 93 policiais, entre civis e técnico-científicos, participaram da ação. A operação teve como alvo combater a exploração sexual infantil na internet e em plataformas digitais.

Com base em trabalhos de inteligência e realização de ronda virtual na deep web, mais de 2000 arquivos e 23.459 IPs foram analisados. Deste trabalho, foram levantados 15 alvos nas cidades de Bauru, Jaú, Marília, Ourinhos, Tupã, Pederneiras, Ubirajara e Promissão.

Na manhã de hoje (10), os policiais foram a campo para cumprir 15 mandados de busca e apreensão. As diligências culminaram com a prisão de 12 suspeitos, sendo 11 autos de prisão em flagrante.

Durante as ações de campo também foram apreendidos seis computadores, 22 notebooks, 26 HDs externos, dois videogames e 133 CDs, além de quatro armas de fogo e 45 munições.

As investigações continuam com o intuito de identificar o envolvimento de outros elementos com esta prática criminosa na região.

Curta e Compartilhe: