Por G1 Bauru e Marília

Uma jovem de 22 anos foi encontrada morta em uma estrada de terra de Jaú (SP), no Jardim Padre Augusto Sani, na tarde desta terça-feira (4). Segundo a Polícia Civil, ela estava sem a parte de baixo da roupa, tinha as mãos amarradas com uma calcinha e a alça da bolsa estava enrolada em seu pescoço.

A vítima identificada como Bruna Vines Ribeiro foi encontrada por um casal que passava pelo local. O caso é investigado pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG). A suspeita é de que ela tenha sofrido violência sexual.

O corpo foi encaminhado para o Institudo Médico Legal (IML), onde será feito um laudo para identificar a causa da morte.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Marcelo Góes, um suspeito do crime foi detido na noite de terça-feira (4). O homem foi preso por estar se masturbando na presença de uma criança de 10 anos.

A polícia foi acionada pelo pai da criança e o suspeito foi levado para a delegacia, onde foi estipulada uma fiança de R$ 5 mil, que não foi paga. O homem passará por audiência de custódia na tarde desta quarta-feira (5), e responderá pelo crime de satisfação de lascívia mediante a presença de criança.

Ainda segundo o delegado, ele também será investigado pela morte de Bruna já que, de acordo com as primeiras informações do caso, há indícios que o apontam como suspeito do crime, porque ele foi encontrado no mesmo bairro, próximo do local onde o corpo foi localizado e em um intervalo de tempo pequeno.

Curta e Compartilhe: