Imagens gravadas por aparelho celular mostram cenas de violência e brutalidade entre adolescentes em Jaú

Fera

Adolescentes  protagonizaram cenas de violência e pancadaria próximos a uma escola em Jaú. As imagens foram gravadas em aparelhos celulares por outros adolescentes que acompanharam as cenas de brutalidade. Alguns dos adolescentes seriam alunos da Escola Estadual Dr. Lopes Rodrigues que fica localizada na Chácara Braz Miraglia e a briga teria acontecido entre terça (06) e quarta-feira (07).

O vídeo com pouco mais de um minuto de duração mostra duas adolescentes que se agridem com tapas, socos e puxões de cabelo. As adolescentes só param de brigar com a chegada de uma mulher que carrega um capacete.

Em seguida um adolescente aparece e agride o estudante que está vestido de blusa preta que cai após levar o que parece ser um soco. No meio da confusão, os alunos começam a gritar e é possível perceber que uma garota cai no meio da correria.  Outros dois adolescentes  também agridem o estudante, um deles está vestido com a camisa da seleção da Argentina. O rapaz de blusa preta foi identificado como sendo estudante da escola. Durante a confusão ele tenta se defender dos agressores mas cai novamente após ser atingido no rosto pelo adolescente que usa um boné branco.

Na tentativa de impedir as agressões, o estudante tenta colocar os braços em frente ao rosto e leva vários chutes. O adolescente se levanta e tenta sair correndo do rapaz que vai atrás. Ao perceber que seria novamente agredido o adolescente se joga ao chão. No vídeo ainda é possível ouvir frases de intimidação que teriam sido ditas pelo agressor.

Ao menos três adolescentes aparecem nas imagens agredindo o estudante (Foto: Reprodução Redes Sociais)

A reportagem entrou em contato com a direção da Escola Estadual Dr. Lopes Rodrigues e por telefone foi informada que todas as informações sobre o caso já foram encaminhadas para Secretaria Estadual de Educação. Por telefone uma representante da Secretaria Estadual de Educação informou que os adolescentes que agrediram o rapaz  não são estudantes da unidade educacional e que orientou os pais do aluno que foi agredido a registrarem um Boletim de Ocorrência.

De acordo com as informações da Secretaria de Educação a briga ocorreu fora da unidade escolar. A Secretaria não tinha informações se as adolescentes que também aparecem brigando nas imagens gravadas seriam alunas da escola e que o fato de alguns adolescentes que aparecem no vídeo estarem sem uniforme dificulta a identificação.

Momento em que estudante se joga ao chão para não ser agredido pelo rapaz de camisa amarela (Foto: Reprodução Redes Sociais)
Curta e Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *