Planejamento estratégico deve garantir tranquilidade de visitantes e moradores, Defesa Civil faz orientações  ao público

Faltando poucas horas para a Noite da Fogueira, a Defesa Civil de Bocaina informa que mesmo sem a necessidade de apresentação de Projeto Técnico, Corpo de Bombeiros, estão mantidas as  medidas preventivas de segurança para Festa de São João Batista 2018.

De acordo com uma nota divulgada na tarde desta quinta-feira pelo 32º Batalhão do Corpo de Bombeiros de Jaú, para eventos temporários em áreas abertas sem delimitação e controle de acesso ao público, não é necessária a elaboração de projeto técnico para instalação e ocupação temporária, ou seja, não há necessidade regularização pelo Corpo de Bombeiros.

Mesmo sem a necessidade da apresentação de um projeto técnico, a Defesa Civil de Bocaina informou que a preocupação com a segurança no recinto da festa estão mantidas.

De acordo com Guilherme Milani, Coordenador da Defesa Civil de Bocaina,  8 agentes devem trabalhar na Noite da Fogueira, sendo quatro bombeiros civis.

Ainda de acordo com Milani, este ano não haverá arquibancada, em torno da fogueira. Segundo Milani, a estrutura não comporta nem 3% da capacidade da festa preocupação maior envolveria a segurança do público.

Entre as recomendações da Defesa Civil para curtir a festa estão, não atirar objetos como latas de cerveja ou refrigerante, pedras, tampinhas de garrafas ou mesmo bombas de festas juninas na fogueira.

A Defesa Civil informa que ao atirar as bombas na fogueira ocorrem explosões que podem ocasionar o lançamento de brasas ou faíscas no público. Em relação as tampinhas de garrafa e latas de cerveja e refrigerante o risco de acidentes aumentam durante a passagem dos fieis pelo braseiro. Ao pisar nos objetos os fieis podem sofrer queimaduras de terceiro grau.

Planejamento estratégico foi montado para garantir a segurança e a tranquilidade dos visitantes e moradores

Polícia Militar informou que pelo fato da Festa cair num sábado consequentemente haverá um aumento expressivo no público e também deve reforçar as ações preventivas de segurança, como por exemplo, reforço no policiamento.

Em relação as estradas, a Arteris-Viapaulista terá reforço nas ações operações  e contará com o apoio da Polícia Militar Rodoviária fará a fiscalização em relação a combinação de bebida e direção.

 

Curta e Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *