Quilômetros e mais quilômetros o que essa turma gosta mesmo é de se reunir pra andar. Grupo conta a emoção de seguir na estrada a bordo de uma moto.

Unidos pelo prazer em andar sobre duas rodas, esse grupo de amigos está conhecendo as cidades da região. Com suas motos de diversas cilindradas, marcas e cores.

Para muitos, pilotar uma moto é mais que uma questão de necessidade, é uma aventura. E para um grupo de motociclistas a adrenalina fala mais alto. O grupo se reúne para seguir na estrada, como eles mesmos costumam dizer “a esmo” sem rumo, conhecendo belas paisagens ao longo do percurso. Os integrantes do grupo de motociclistas são de diferentes cidades da região como Dourado, Bocaina, Jaú e Americana.

Essa galera já degustou as deliciosas coxinhas douradas de Bueno de Andrada, visitaram o museu da Tam em São Carlos, fuçaram nas barraquinhas da feirinha do artesanato da Barra Bonita, comeram fast food na cidade grande (Bauru), saborearam a deliciosa comida mineira em Monte Sião, Poços de Caldas e na região da represa de Furnas, apreciaram exposições de carros nas cidades de Água de Lindoia e Águas de São Pedro. E por falar em Água esses aventureiros já encostaram suas motos e montaram em um bote de rafiting e desceram as quedas d´água do Rio Jacaré Pepira em Brotas, também desfrutaram das águas calmas da represa de furnas. Sim, essa galera gosta muito de Minas.

O rio de Piracicaba, eles também estiveram por lá, na terra do XV de Piracicaba esses motociclistas conheceram o mirante da cidade,  e chegaram lá de elevador panorâmico e toda vez que passaram por lá sempre desfrutaram das exposições e eventos culturais que por lá é tão comum.

Em São Pedro já estiveram por diversas vezes nas rampas de voo livre, porém nenhum integrante se demonstrou muito corajoso a voar. Em Águas de São Pedro já saltaram num salto para morte, em uma trilha de arborismo, alguns já beberam das águas medicinais daquele fontanário, mas o que essa turma gosta mesmo é do bom pão de queijo de lá. Já subiram em tanque de guerra em Pirassununga e deram um “passadela”, na famosa cachoeira de Emas, quilômetros e mais quilômetros o que essa turma gosta mesmo é de se reunir pra andar.

Grupo fazendo rafiting nas quedas d´água do Rio Jacaré Pepira em Brotas (Foto; Arquivo Pessoal/André Mota)

Destino, bom muitas vezes é certo outras saem á esmo… um dia eles iam dar um rolê aqui pertinho e foram parar lá pras bandas de Itupeva.  Vez ou outra alguém erra o caminho, certa vez erraram um caminho e rodaram mais de 35km no caminho contrário.

As histórias são as mais diferentes, “alguns já contaram com a sorte, já esqueceram capacete, chave na moto e por muitíssima sorte quando voltaram ainda estava por lá. Já perderam carteira, já se perderam uns dos outros no trânsito das cidades por onde passaram, é assim, essas são histórias que esse grupo de amigos vai guardar para sempre” conclui André Mota,30 anos, integrante do grupo.

E a melhor viagem que fizemos essa sim vamos lhe contar, a melhor viagem sempre será a próxima, no último final de semana o grupo rodou cerca de 640 Km em dois passeios

Curta e Compartilhe: