Foto mostra ensaio fotográfico onde Calixto aparece como carrasco

Wagão

A imagem pintada por Benedito Calixto de Jesus em 1.924, considerada perturbadora para alguns representa o último momento da vida de João Batista e chama a atenção dos fiéis que visitam a igreja. Com inscrições em Latim, a tela que possui 1,90 x 1,60m, foi pintada no ateliê do artista que fez um ensaio com a ajuda de familiares para reproduzir a cena que desejava retratar.

A foto fornecida por Gilberto Calixto, bisneto do pintor, mostra o próprio Calixto durante o ensaio onde se posiciona como o carrasco e tem uma de suas filhas representando Salomé e uma sobrinha atuando como modelo para a cabeça de João Batista.

Pintor contava com a ajuda de familiares para reproduzir cenas-Foto Reprodução

A imagem faz parte da pesquisa da estudante arquitetura da Unesp de Bauru, Maria Helene Gabriel, e revela aspectos arquitetônicos  e históricos da igreja matriz de São João Batista, como as negociações em torno da realização do trabalho de Calixto que sugeriu modificações internas do templo e contaram dessa vez com a participação de um de seus filhos, Sizenando Calixto.

tela de São Zacarias (1,90 x 1,00m) encontra-se sem data de produção inscrita, sendo feita em 1924 ou 1925-Foto Antônio Carlos

A partir da pesquisa, Maria Helena elaborou um guia sobre a Igreja de São João Batista de Bocaina, o objetivo é orientar os visitantes do templo sobre algumas de suas características e pontos principais de sua história, que contribuem para seu caráter turístico.

Maria Helena conta que a ideia em desenvolver o material informativo veio durante o trabalho de pesquisa. Durante as visitas na igreja a pesquisadora percebeu a dificuldade de outros visitantes em obter informações que pudessem tornar a visitação mais interessante.

A pesquisa, foi financiada pelo Fundo de Amparo a Pesquisa de São Paulo e deve possibilitar uma compreensão mais ampla sobre um dos mais importantes monumentos arquitetônicos da cidade.

Trabalho de pesquisa detectou infiltrações e problemas estruturais

A pesquisa detectou alguns problemas podem ser identificados na arquitetura da Igreja Matriz de Bocaina, como danos na pintura devido a infiltrações, rachaduras e leve abaulamento do forro (estuque), parte do vitral da torre ligeiramente flambado, além de descascamento de partes da pintura da igreja.

 

 

 

Curta e Compartilhe: