Prefeitura afirma que serviço é oferecido atende as necessidades da população

Centro-Fitness

Os usuários do transporte público gratuito em Bocaina estão descontes com a maneira que o serviço vem sendo realizado na cidade. Os usuários são moradores do bairro Pedro Alexandrino localizado a cerca de 6 km do centro da cidade.

Em Bocaina, o serviço de transporte coletivo gratuito existe desde a década de 90 e nos últimos anos foi terceirizado na cidade. Para utilizar o serviço de transporte público em Bocaina, o morador não precisa de carteirinha ou mesmo fazer algum tipo de cadastro junto a prefeitura.

De acordo com três moradores ouvidos pela reportagem na tarde desta terça-feira (10) o serviço não atende as necessidades dos usuários deixando de passar em pontos de embarque e desembarque trazendo prejuízos aos moradores.

Ainda de acordo com um morador do bairro Pedro Alexandrino, usuário do serviço, além das linhas serem reduzidas, para alguns moradores do bairro este é o único meio de transporte interligando o bairro ao centro da cidade.

O descontentamento dos usuários ocorreu porque segundo eles, o motorista do ônibus que faz o trajeto entre o centro da cidade e o bairro não teria passado em um dos pontos localizados no bairro Santa Terezinha, onde haveria moradores aguardando pelo transporte. A atitude gerou bate boca entre o motorista e os usuários.

A situação apresentada pelos moradores reflete a fragilidade do serviço oferecido na cidade. Entre as dificuldades encontradas pelos usuários está a falta de informações  nos pontos de ônibus sobre os itinerários e horários que o transporte passa nos pontos de embarque e dsembarque.

As linhas de ônibus na cidade também foram reduzidas na cidade. As alterações ocorreram depois que a Prefeitura tomou uma série de medidas para superar a crise econômica no município. Entre as medidas adotadas estavam, a redução na jornada de trabalho em departamentos e repartições públicas.

Procurada pela reportagem a Prefeitura de Bocaina informou que o serviço de transporte público, circular, funciona de segunda à sexta-feira e possui atualmente oito linhas interligando cinco bairros da cidade e que atendem as necessidades dos moradores e também trabalhadores que utilizam os serviço.

De acordo coma Prefeitura há ainda quatro linhas que funcionam aos sábados. A prefeitura informou que o transporte não funciona aos domingos e feriados.

Ainda de acordo coma Prefeitura, os itinerários foram traçados após um estudo realizado por cerca de um mês que levou em consideração, fluxo de usuários, horários e principais pontos de parada.

No que se refere a fata de informações nos pontos de embarque e desembarque, a Prefeitura de Bocaina informou que  colocou á disposição dos usuários tabelas com horários que foram afixadas nos pontos, interior do veículo e em locais de grande concentração de pessoas como postos de saúde, santa casa.

A Prefeitura informou que  não recebeu nenhuma reclamação por parte dos usuários que se dizem afetados com os problemas citados na reportagem e se coloca a disposição para esclarecer as dúvidas.

 

Curta e Compartilhe:
Categories: Cidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *