Morador pretende instalar comedouros para animais em situação de rua em Bocaina. Projeto já tem o apoio de empresários e moradores

Uma ideia simples e criativa vem chamando atenção dos amantes dos animais de estimação nas ruas de Bocaina. Um morador da cidade construiu um comedouro animais de rua. O morador utilizou canos de PVC para construir o comedouro.

O sistema é novidade na cidade e  foi instalado na calçada em frente a um bar no centro da cidade, mas agora está ganhando a internet.

Felipe Rossi, 19 anos, lançou a ideia na internet e pretende ganhar a ajuda de outros moradores para ajudar a manter o projeto. Felipe contou com ajuda do pai para instalar o dispositivo.

Felipe pensou no nome do projeto e fez um desenho para decorar os comedouros. O “AlimentaCão” em breve deve substituir potes com ração que ficam espalhados pelas calçadas.

Felipe disse que pretende conversar com os moradores sobre a ideia e pedir autorização para instalar os dispositivos. Os comedouros devem ser colocados em frente a lojas e residências onde os cães já estão acostumados a se alimentar.

Ainda de acordo com Felipe, o Projeto deve ganhar uma página nas Redes Sociais, além de outras ações para angariar fundos para a manutenção do Projeto.

Para manter o projeto Felipe disse que pretende contar com doações, as peças para confeccionar os comedouros custam entre R$5,00 e R$14,00. Os moradores não precisam doar o dinheiro, se preferir,  o colaborador pode comprar a peça e fazer a doação.

A ideia de Felipe chamou a atenção da comerciante Aline Mobilon, dona de uma loja de ração para animais. “Eu e meu esposo tínhamos a intenção de fazer esses criadouros e agora sabendo que há outras pessoas interessadas com certeza vamos ajudar doando ração” diz.

Empresária Aline Mobilon fez doação para ajudar no projeto (Foto: Bocaina Informa)

Daniela Carrilho, estudante universitária, também gostou da proposta de Felipe e disse que pretende ajudar na instalação dos “comedouros”

A moradora disse que é importante apoiar o projeto, pois o número de animais abandonados na cidade vem aumentando e é preciso fazer alguma coisa. Daniela conta que já adotou três animais de rua, uma gata e dois cães.

“Eu sempre busquei ajudar os animais abandonados e essa ideia do Felipe é boa porque o número de cães abandonados só está aumentando e o número de pessoas que ajuda não está acompanhando” completa.

Pirulito foi resgatado das ruas e ganhou um Lar (Foto: Antônio Carlos/Bocaina Informa)

Casos de abandono são comuns nas ruas da cidade

Histórias como a cão Pirulito que foi resgatado das ruas doente são fáceis de serem ouvidas pelos moradores. Depois de ter seu drama mostrado através das redes sociais o cão que perambulava pelas ruas do centro da cidade foi levado para um “lar provisório”. Pirulito como é chamado, foi resgatado por uma funcionária pública, em frente a Igreja Matriz na praça Pedro Izar e o lar que era provisório virou definitivo.

“Se não conseguirmos resolver o problema vamos ao menos dar a nossa colaboração para a causa animal em Bocaina” diz Felipe.

Ação do jovem de 19 anos foi considerada um exemplo pelos moradores. (Foto Bocaina Informa)

 

 

Curta e Compartilhe: