Ao lado do prefeito de Bocaina, padre Daniel explicou motivo da proibição

Wagão

A polêmica envolvendo a proibição de isopores e coolers na festa de São João Batista 2019 ganhou um novo capítulo.  Durante entrevista para o programa Noticidade do SBT Jaú o padre Daniel Tezore explicou o que teria motivado a proibição. O motivo seria garantir a segurança do público.

De acordo com o pároco, muitas pessoas levam dentro dos isopores e coolers garrafas de vidro o que pode representar um risco a segurança do evento e que a proibição dos isopores seria unicamente no interior das barracas.

Já o prefeito Marco Antônio Giro, disse que a polêmica está encerrada. “Este assunto tá morrido”, disse.

O Bocaina Informa solicitou por duas vezes entrevistas com o padre Daniel Tezore, mas não foi atendido. A festa de São João Batista de Bocaina existe há 128 anos na cidade e começa nesta sexta-feira (21).

Curta e Compartilhe: