Projeto de lei agora precisa ser sancionado pelo governador João Dória. Cidade passa a receber verba para turismo.

Jau Shopping

Bocaina foi uma das cidades classificadas como Município de Interesse Turístico (MIT) pela Assembleia Legislativa na noite desta terça-feira  (05), por meio de um projeto de lei. Segundo a ALESP, outras 42 cidades receberam a classificação. Agora é preciso aguardar a sanção do governador João Dória. Outros 97 municípios, incluindo Jaú e Itapuí, na região, já tinham sido reconhecidas desta forma.Com a aprovação dos MITs, os municípios passam a receber verba anual de cerca de R$ 650 mil para investimento na área.

De acordo com a Secretaria Estadual de Turismo, a utilização da verba deve fomentar a ampliação e o fortalecimento das atividades econômicas da região.

Turismo religioso será carro chefe do município de 12 mil habitantes (Foto: Aurélio Alonso)

As 43 cidades paulistas que deverão receber o título são: Adamantina, Adolfo, Anhembi, Araçatuba, Araçoiaba da Serra, Barra do Turvo, Bebedouro, Bocaina, Botucatu, Divinolândia, Dois Córregos, Garça, Guaíra, Ibirarema, Icém, Igarapava, Indiaporã, Ipeúna, Itapeva, Itaporanga, Itariri, Itirapina, Jaboticabal, Jarinu, Juquiá, Juquitiba, Lavrinhas, Marília, Mogi Mirim, Palmeira D’Oeste, Paulicéia, Pirapora do Bom Jesus, Pongaí, Porto Ferreira, Santa Albertina, Santa Clara D’Oeste, São Bernardo do Campo, São João da Boa Vista, São Manuel, Timburi, Três Fronteiras, Valentim Gentil e Votorantim.

Para participar, os municípios devem preencher alguns critérios, como ter potencial turístico; Conselho Municipal de Turismo; serviço médico emergencial; meios de hospedagem; serviços de alimentação, de transporte, de segurança e de informação e receptivo turísticos; plano diretor de turismo; expressivos atrativos com acessos adequados e infraestrutura básica capaz de atender às populações fixas e flutuantes no que se refere a abastecimento de água potável e coleta de resíduos sólidos.

MITs

Na prática, de acordo com a Secretaria Estadual de Turismo, a ação institui que 140 municípios paulistas serão de interesse turístico. Todas as cidades, exceto as 70 estâncias já existentes, podem concorrer ao título. Para isso, é preciso ter potencial turístico, Conselho Municipal de Turismo, serviço médico emergencial, meios de hospedagem, serviços de alimentação, de transporte, de segurança e de informação e receptivo turísticos; plano diretor de turismo, expressivos atrativos turísticos com acessos adequados e infraestrutura básica capaz de atender às populações fixas e flutuantes no que se refere a abastecimento de água potável e coleta de resíduos sólidos.

Curta e Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *