Vítimas teriam sido mortas em retaliação por terem furtado drogas e delatar à Polícia atividades ilícitas de grupos criminosos

Wagão

A Polícia Militar prendeu, neste sábado (9), após denúncias anônimas, um dos acusados de matar e enterrar dois homens na favela São Manoel, em Bauru. J.P.M.S., 18 anos, foi detido temporariamente.

Ele é acusado de envolvimento nos homicídios de Danilo de Almeida Falconi, 36 anos achado enterrado em cova rasa na quadra 5 da rua Casimiro de Abreu, entre a linha férrea e o Córrego da Grama, e de Anderson S. Leal, 37 anos, conhecido como Mineirinho e Sorveteiro, localizado enterrado a 500 metros do outro corpo. A localização das vítimas se deu entre os dias 24 e 25 de janeiro.

A polícia acredita que eles tenham sido executados por dois homens por represália: por delatar à polícia atividades ilícitas de traficantes e por furtar drogas de um esconderijo. A operação ontem envolveu 7 PMs, comandados pelo sargento Mak e tenente Trevizan.

Curta e Compartilhe: